(15) 3413-6325 / (15) 3413-6312 | contato@qnoticia.com.br
Blog

Cresce número de casos de pânico associado ao transtorno de ansiedade

Não é difícil, atualmente, encontrar uma pessoa próxima que apresenta algum sintoma de transtorno de ansiedade. Uma série de aspectos do nosso cotidiano, como: pressão por resultados no ambiente de trabalho ou nos estudos, dificuldades financeiras ou problemas familiares, fazem com que as pessoas se sintam cada vez mais aflitas, o que culmina, nos casos mais graves, com sintomas físicos, como falta de ar, mal-estar, suor frio e, até mesmo, sensação de morte.

Essas percepções têm levado muitos pacientes a apresentarem o quadro clínico de pânico associado ao transtorno de ansiedade. No consultório da médica com especialização em psiquiatria Dra. Ana Paula Antoneli Ribeiro, do Centro Médico São José, de Cerquilho (SP), o número de pacientes diagnosticados com a doença tem crescido nos últimos anos, chegando a, aproximadamente, 50% dos casos. Segundo a especialista, todos os problemas apresentados estão diretamente associados ao transtorno de ansiedade, sendo que os principais sinais demonstrados são: preocupação excessiva, dificuldade de concentração, fadiga, irritabilidade, insônia e inquietação.

A médica alerta que a doença é pouco percebida pelo paciente, tomando conta, aos poucos, do dia a dia. “O transtorno de ansiedade é considerado um mal da modernidade, advindo de um estilo de vida atribulado. O fator para o desencadeamento da doença, geralmente, é o medo e a insegurança. Quando se perde o controle, acontece a crise nervosa”, explica.

O quadro também tem alarmado o governo brasileiro. Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), ao estudarem os dados da Previdência Social, descobriram que os transtornos mentais já são a terceira principal causa dos afastamentos dos trabalhadores no país. Além disso, a Organização Mundial da Saúde já se declarou preocupada com o tema, uma vez que 33% da população mundial sobre com o problema. “É uma questão que já afeta grande parte da população. Uma maneira de prevenir é praticar atividades físicas, técnicas de respiração ou ioga. Quando o paciente percebe que possui algum sintoma correlato à doença, é imprescindível a consulta com um especialista”, reforça Dra. Ana Paula.

 

Fique atento aos sinais do transtorno de ansiedade:

*Sente preocupação excessiva, mesmo com questões de menor complexidade;

*Dificuldade para dormir e de se concentrar;

*Tensão muscular;

*Fadiga;

*Irritabilidade e inquietação;

*Perfeccionismo, exigindo muito de si mesmo;

*Sensação de morte, tais como: aperto na garganta e no peito, coração acelerado, mãos frias, tontura, fraqueza e dores no estômago;

 

Fonte: Dra. Ana Paula Antoneli Ribeiro, do Centro Médico São José, de Cerquilho (SP).

Bazar Solidário MMartan da APAE Sorocaba acontece nos dias 15 e 16 de junho

Produtos da loja MMartan estarão com descontos de até 50%, parte da renda obtidas com as vendas será destinada à...

Leia Mais

Tradicional “Arraiá Junino” da APAE Sorocaba acontece nos dias 7 e 8 de junho

Chegou o momento de usar o traje caipira para participar do tradicional “Arraiá Junino”, da APAE Sorocaba que será...

Leia Mais

ADV busca voluntários para ajudar na última semana da 104ª Festa Junina de Votorantim

Público encontra deliciosas receitas preparadas com milho na barraca da instituição. A 104ª Festa Junina de...

Leia Mais