(15) 3413-6325 / (15) 3413-6312 | contato@qnoticia.com.br
Blog

Mudanças bruscas de temperatura afetam o sistema respiratório

Especialista fala sobre os efeitos da oscilação do clima no nosso organismo; acompanhe os cuidados que amenizam o desconforto durante o tempo seco.

Está cada vez mais difícil manter-se saudável com as mudanças frequentes de temperatura. Apesar de ainda estarmos no inverno, temos vivenciado diversas variações no tempo. Manhãs frias, calor durante a tarde, vento ao entardecer e noites com baixas temperaturas. Tudo isso somado ao tempo seco. Um dos principais reflexos dessas mudanças climáticas é o aumento das doenças respiratórias.

De acordo com Dr. Arlindo Lima Neto, médico otorrinolaringologista do Hospital Santo Antonio de Votorantim (SP), com essas variações repentinas, o corpo sempre é prejudicado. “As mudanças abruptas de temperatura, principalmente na época de tempo mais seco, promovem um ressecamento grande das vias respiratórias, o que favorece o surgimento de infecções”, explica.

Ainda segundo o especialista, quem mais sofre com os prejuízos são os idosos, as crianças e as pessoas com problemas crônicos. “Quando acontece tudo na mesma semana também acaba sendo prejudicial, porque funciona como um agressor para a via aérea”, relata o médico. 

Entre as doenças mais comuns causadas por essas alterações estão as rinussinusites, laringites, bronquites e pneumonias, além da piora de doenças respiratórias, como asma, enfisema e rinite.

As medidas de prevenção estão relacionadas à hidratação das vias aéreas, que pode ser feita por inalações com soluções fisiológicas e também via lavagens nasais. “Algumas receitas mais caseiras, como colocar bacia com água no quarto ou um lençol molhado estendido no chão durante a noite, igualmente são válidas”, lembra Dr. Arlindo.

Baixa umidade do ar

O tempo está seco em grande parte do país. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade do ar deve estar acima de 60%. Abaixo de 30%, considera-se estado de atenção e entre 19% e 12%, de alerta. “O cuidado precisa ser redobrado nesta época e, ao sinal de mal-estar, deve-se buscar acompanhamento médico”, finaliza.

Para ajudar a amenizar o desconforto nesta estação do ano, o especialista recomenda alguns cuidados simples. Confira:

1. Beber cerca de dois litros de água por dia;

2. Não praticar exercícios físicos entre 10h e 17h (quando o ar está menos úmido) e preferir espaços com clima regulado, como academias;

3. Fugir do ar condicionado, pois resseca o ambiente;

4. Deixar a casa sempre limpa e arejada, uma vez que o acúmulo de poeira aumenta a incidência de problemas alérgicos e respiratórios;

5. Evitar locais fechados e com grande concentração de pessoas, como shoppings e supermercados, que podem acentuar as dificuldades respiratórias.

Mais informações podem ser obtidas pelo site: www.hospitalsantoantonio.com.br  ou pelo telefone: (15) 2101-0001.

BOS possui um dos mais modernos equipamentos cirúrgicos do mundo

  Microscópio cirúrgico NGenuity é capaz de gerar imagens em 3D e na resolução 4k, o que aumenta...

Leia Mais

BOS adquire avançado equipamento para realização de cirurgias de catarata único na região

  Aparelho “ORA System with VerifEye+ Technology”, da fabricante Alcon, permite que o cirurgião confira o grau da perda...

Leia Mais

Nova técnica cirúrgica disponível no BOS pode eliminar necessidade do uso de colírios em pessoas com glaucoma

Procedimento consiste em implantar um dreno microscópico no globo ocular para escoar o excesso de líquido e controlar a...

Leia Mais